Blog | Partage Shopping | Com você, transformando cidades e pessoas!

Setor de serviços em shoppings: saiba como aproveitar essa tendência

3 minutos para ler

Você já foi ao shopping renovar um passaporte? E tirar segunda via da CNH? Quem nunca precisou pagar uma multa de trânsito naquela central do Detran, logo ali descendo as escadas rolantes, depois da praça de alimentação? 

O que parecia incomum há dez ou quinze anos, hoje já faz parte da rotina de grande parte dos brasileiros. Os shoppings deixaram de ser apenas locais que reúnem lojas de vestuário, celulares e outros produtos “convencionais”, e se tornaram verdadeiros centros multifuncionais, com uma gama cada vez maior e mais inovadora de serviços.

Já imaginou abrir uma startup de serviços em um shopping? A ideia pode parecer inusitada, mas, em diversos lugares isso já é perfeitamente possível, como é o caso de Mossoró.

Desde dezembro do ano passado, o Partage Shopping Mossoró abriga o Interligados Espaço Coworking, um espaço de trabalho, empreendedorismo e networking, que se beneficia de todas as comodidades do shopping. 

O espaço serve, inclusive, para o desenvolvimento de projetos acadêmicos, já que foi criado em parceria com a Universidade Potiguar (UnP). 

Mas, esse é apenas um exemplo das inúmeras possibilidades de prestação de serviço que estão invadindo os shoppings, tornando-os ainda mais atrativos e gerando novas oportunidades aos empreendedores.

Como aproveitar essa tendência?

Mas, qual o impacto disso para o lojista? A principal contribuição é a diversificação de novos públicos circulando pelos corredores dos shoppings em momento diferentes do usual, atraídos pelos serviços oferecidos. 

Isso significa novas oportunidades de mercado e também de parcerias. Quem entender o perfil desse novo tipo de visitante e souber adequar o próprio negócio certamente se beneficiará. 

Os serviços como coworking atraem um público jovem, mas, focado em trabalho e no desenvolvimento profissional. Já os postos de atendimento de órgãos governamentais ou de prestadoras de serviço público, atraem um público mais abrangente, geralmente motivado a resolver um problema pontual. 

Como atrair esses novos perfis? Como adequar a vitrine da loja e como treinar vendedores para chamar a atenção desses novos clientes potenciais? Que ações comerciais podem ser boas iscas para trazê-los para dentro da loja? Pense em possíveis parcerias que tenham a ver com o seu negócio e com os novos serviços oferecidos no mall.

Mas, encontrar as respostas a essas perguntas é tarefa que o empreendedor não precisa fazer sozinho. É possível contar com a orientação de parceiros estratégicos, como a administradora do shopping.  

De que forma aproveitar novos horários?

Uma grande oportunidade que surge com a chegada de serviços no shopping é que esse tipo de negócio contribui para aumentar a presença de consumidores nos shoppings em horário comercial, quando normalmente há menor circulação de pessoas. Isso gera possibilidades de aumento de vendas para lojistas. 

Assim, o shopping deixa de ser um espaço altamente frequentado apenas no final da tarde e aos fins de semana, e passa a ter um fluxo mais intenso e contínuo de pessoas ao longo de todo o dia.

Este artigo te ajudou? Compartilhe conosco, em nosso blog, o seus comentários e experiências sobre o assunto.

Posts relacionados

Deixe um comentário