Blog | Partage Shopping | Com você, transformando cidades e pessoas!

Qual a importância de um plano de negócio?

4 minutos para ler

Qual o primeiro passo de uma empresa? Não existe uma resposta certa a esta pergunta, pois as oportunidades são as mais diversas e aparecem em diferentes situações ao longo da jornada de um empreendedor.

Porém, se pudéssemos pontuar o momento mais importante do início dessa empreitada, seria com certeza a etapa de planejamento. Segundo o Sebrae, cerca de 60% das micro e pequenas empresas fecham por falta de um Plano de Negócio. No Brasil, de cada 100 empresas 24 fecham por falta de planejamento.

Você com certeza não deseja entrar nessa estatística, não é mesmo?

Para isso, o pilar principal é o plano de negócio, documento norteador para empresas de todos os tamanhos, e fundamental para formação de um empreendimento saudável.

Ele nada mais é que um mapa que irá guiar os seus passos na formação de sua empresa e, depois de estruturada, servirá para manter as diretrizes iniciais.

Continue acompanhando, e entenda por que ele é tão vital:

Transforma seu negócio em realidade

Falamos ali em cima que o plano de negócios é um documento que irá lhe ajudar a montar as bases de sua empresa, conhecendo o mercado e também descrevendo como você irá atuar nele.

Todo esse conhecimento o transforma em uma ferramenta de gestão que dará apoio a você em cada etapa da concretização de seus objetivos.

É neste momento que o plano de negócios vai ser o seu braço direito, possibilitando que perceba desde as primeiras etapas se o seu empreendimento é ou não viável, os gastos que terá para que seu negócio se torne realidade, como irá comunicar e vender de maneira mais adequada o seu produto.

É fundamental no momento de procurar por investidores

Muitos empresários de primeira viagem abrem seus negócios e não tem estudo mais detalhado dos gastos que terão. Só quando já estão encaminhando outras etapas da abertura de seu empreendimento é que percebem não possuir mais dinheiro para investir.

Um plano estruturado em todas as suas etapas e, principalmente na financeira, evita esse tipo de surpresa.

Normalmente esse documento será solicitado por bancos, investidores e até novos sócios para verificar o grau de profissionalismo de quem pretende abrir a empresa.

Mantém a sua empresa atualizada

Você deve estar pensando: Está bem, o plano de negócios parece importante no início da empresa, mas o mercado é dinâmico e, com o tempo, esse documento vai ficar defasado.

É erro pensar que esse planejamento deve ser feito e colocado na gaveta. O plano de negócios precisa ser revisitado e revisado na mesma medida que o mercado e as oportunidades mudam.

Até aqui falamos da importância deste documento para seu negócio, agora vamos falar um pouco de suas fases para que você entenda melhor como materializá-lo.

Acompanhe!

O plano é dividido em quatro etapas:

Análise de mercado: primeira fase onde será dito com detalhes o que é seu produto ou serviço, a quem ele é destinado (público-alvo), potenciais concorrentes (estudo da concorrência) e tudo que envolve o que você vai oferecer ao seu cliente.

Plano de marketing: é nessa etapa que você pode definir sua política de preços. Neste item é imprescindível explicar muito bem o que sua loja tem a oferecer, como ela vai oferecer. Aqui também será feito o plano de comunicação, onde estará descrito como e quanto você investirá em publicidade, quais os canais de comunicação mais adequados para falar com seu público e etc;.

Operacional e financeiro: Itens como espaço físico necessário para abrir seu negócio, fornecedores, serviços para manter funcionando (energia elétrica, internet, água, por exemplo), como ficará disposta a área do empreendimento, se contará com algum software que ajudará no atendimento ou vendas? São algumas das perguntas que precisam de resposta.

Nesse ponto é preciso prever um capital de giro, fazer uma estimativa de custos fixos, variáveis e de em quanto tempo você passará a lucrar com sua empresa.

Pode parecer muita informação no começo, mas com o material completo onde ensinamos como montá-lo, vai ficar muito mais fácil: Baixe nosso guia completo sobre plano de negócio!

Percebeu como este documento é importante e pode se tornar uma ferramenta de gestão? Deixe seu comentário e compartilhe conosco sua opinião.

Não quer perder conteúdos como este? Siga-nos nas redes sociais, pois toda semana tem artigo novo: Facebook e Linkedin.

Posts relacionados

Deixe um comentário