Blog | Partage Shopping | Com você, transformando cidades e pessoas!

Novos empreendimentos de varejo

5 minutos para ler

Quando você pensa em um varejo de sucesso o que lhe vem à cabeça? Um grande centro urbano, shoppings bem localizados e abarrotados de clientes ávidos pelos próximos lançamentos, não é mesmo? Por outro lado, os fatores que tornam os grandes centros urbanos perfeitos para abrir um empreendimento lucrativo podem trazer desvantagens e algumas dores de cabeça. A disputa acirrada por espaços em centros comerciais, por exemplo, pode ser um empecilho ao abrir uma loja.

Disputa por espaço e clientes nos grandes centros, torna-os menos atrativos

Planejar investir em uma nova loja ou mesmo prestar um serviço nos grandes centros urbanos, pode criar para o empresário uma série de obstáculos, os principais são a disputa por clientes e o preço alto dos aluguéis. Encontrar um bom ponto onde sua loja irá lucrar, se transforma em uma caça ao tesouro, pois o preço do metro quadrado nas capitais exige ainda mais vendas, objetivo que nem sempre é alcançado. Nas cidades grandes, a concorrência também faz com que a lucratividade fique comprometida. Abrir uma loja em uma capital exige do empreendedor bastante planejamento e a uma visão bastante estratégica do que como gerir o empreendimento nesses locais.

Por estes motivos, grandes empresários escolheram levar para cidades menores suas lojas do varejo e assim expandiram seus negócios. Nestes locais os aluguéis podem ser mais baratos, a disputa por espaço e cliente ainda não é algo que deva preocupar os investidores. Assim, os varejistas podem investir em novos formatos de loja e conquistar uma clientela que é carente de opções.

O varejo nas cidades do interior está crescendo

Longe da concorrência dos centros urbanos, o varejo nas cidades do interior vem crescendo. Existem algumas pesquisas feitas anualmente que mostram um aumento nos indicadores das pequenas e médias cidades. A Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), por exemplo, constatou que 41% do total de shoppings estão em cidades com menos de 500 mil habitantes. É um número significativo que mostra que esses locais podem ser uma alternativa viável para quem quer abrir um negócio lucrativo.

Na mesma pesquisa existem mais informações que podem ajudar na tomada de decisão sobre o local que você deve abrir seu negócio. Em 2015, 67% das inaugurações de shoppings, grandes centros de vendas, aconteceu fora das capitais. Se você procura pensar a longo prazo, um estudo feito pelo The Boston Consulting Group (BCG),  projeta um crescimento de 45% para as vendas do varejo no interior até 2020, o que prova que sair dos grandes centros pode render ainda mais no futuro.

Planejamento e inovação são uma necessidade no varejo das cidades menores

Seja nas grandes, médias ou pequenas cidades, abrir um novo negócio representa sempre um desafio e uma oportunidade de inovar. Portanto, se você pensa em investir em um varejo longe dos grandes centros urbanos é preciso ficar atento às peculiaridades do local escolhido. Por exemplo, estude a logística para trazer os produtos do seu fornecedor até a cidade onde pretende abrir seu negócio, dê preferência para marcas da região e valorize os fabricantes locais.

A busca por mão de obra qualificada é um desafio nas capitais e também em cidades de menor porte, mas nada que um processo seletivo estruturado e uma aposta em qualificação não possam solucionar. O ideal é optar por investir em treinamento especializado, dando a oportunidade aos futuros funcionários de conhecerem a cultura da empresa, e assim, estarem preparados para atuarem com eficiência e qualidade.

A medida que o setor se desenvolve nas localidades, os desafios vão se tornando menores e a experiência adquirida aumenta e qualifica o empresário. Se você está considerando a possibilidade de abrir um varejo no interior, é preciso saber que estes desafios farão parte do seu planejamento. 

É inegável que as médias e pequenas cidades são o próximo passo para o crescimento consistente do varejo e centros comerciais. Então, se você deseja empreender, fique atento a estas dicas: faça um bom planejamento e tenha um plano de negócio, estude o local, invista em mão de obra de qualidade, atente-se ao público consumidor para saber suas características e a logística da região. 
Uma coisa é certa, o mercado de varejo em pequenas e médias cidades promete ser uma saída para aqueles que querem driblar a crise e crescer com um negócio sustentável.
 

Gostou das nossas dicas? Deixe seu comentário e siga-nos nas redes sociais. Fique antenado as principais tendências do mercado.

Posts relacionados

Deixe um comentário