Blog | Partage Shopping | Com você, transformando cidades e pessoas!

Saúde e bem-estar: conheça o segmento que cresce 6% ao ano

4 minutos para ler

O que você acha de empreender em um segmento de mercado com bom potencial de crescimento no Brasil? O setor de saúde e bem-estar tem tido boas perspectivas e vem apresentando uma série de novas oportunidades.

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising, o setor, como um todo, experimentou uma expansão de 9,2% no primeiro trimestre de 2019, na comparação com o ano anterior.

Mas, qual é a razão dessa performance incrível? Vários fatores influenciaram para o boom dos negócios de saúde e bem-estar, como, a mudança no perfil do consumidor e do paciente, além da difusão da informação na internet e nas redes sociais. Contudo, o impacto que a tecnologia está provocando nessa área é um dos fatores principais de seu crescimento. 

Para quem está pensando em abrir o próprio negócio isso significa que novas oportunidades estão surgindo e este pode ser o momento certo de entrar nesse mercado. Mas, vamos por partes! Primeiro é importante entender como esse processo está acontecendo e quais são os principais desafios do empreendedor. 

Segmento em transformação

A busca por equilíbrio e qualidade de vida, associada ao empoderamento do consumidor, com acesso à internet e outros meios eficientes de selecionar produtos e serviços, está provocando uma mudança radical no setor de saúde. 

Há muito tempo que empreender nesse ramo não se limita mais a, simplesmente, abrir uma farmácia. As opções se multiplicaram, sobretudo, com a expansão do modelo de franquias. 

Hoje, há uma gama de franquias de saúde, sendo elas: clínicas de podologia, clínicas de exames, academias, spas, boxes de Crossfit, lojas de suplementos alimentares, fast food saudável etc.

Tecnologia está mudando o setor saúde e bem-estar

A área da saúde é uma das que mais  impactadas com o avanço tecnológico. Hoje, por exemplo,  já existem procedimentos cirúrgicos conduzidos remotamente por médicos que operam por meio de robôs! 

 

Com relação aos negócios, vale atentar-se que a relação médico-paciente está se transformando e as consultas ou pré-consultas já são feitas remotamente. 

Atualmente, novas franquias de clínicas médicas estão aproveitando das vantagens da telemedicina, da inteligência artificial e dos diagnósticos por videoconferências para atender à demanda crescente. Com isso, conseguem ganho em escala e eficiência no atendimento. 

Desafios do setor

Apesar das oportunidades serem abundantes há desafios importantes aos quais o empreendedor precisa se atentar. O maior deles ainda é o investimento inicial. 

Montar o estoque inicial de uma farmácia, por exemplo, ou equipar uma academia demanda valores às vezes proibitivos, sobretudo ao pequeno empreendedor. 

Porém, há alternativas mais viáveis financeiramente para quem está começando, como é o caso das microfranquias de saúde, que, em geral, exigem investimentos menores – entre R$ 30 mil e R$ 50 mil.

Outra característica do setor de saúde que merece muita atenção, são as normas de controle sanitário. Em geral, negócios na área de saúde e bem-estar exigem elevado padrão de higiene e qualidade em todas as etapas da cadeia produtiva ou de serviço. 

Por isso, se quiser empreender nesse ramo, esteja preparado para incorporar práticas e procedimentos sanitários para atender as normas de vigilância. 

Por fim, uma característica crucial dessa área é a localização. Busque instalar o seu negócio em um local de fluxo intenso e de potenciais consumidores. 

Nesse ponto, os shoppings aparecem como opções de crescente escolha por parte dos empreendedores. Uma vez que facilitam  questão do fluxo de pessoas, recebendo milhares de consumidores todos os dias e ainda oferecem uma série de comodidades aos clientes, entre elas duas que se destacam nesse caso são estacionamento e segurança. 

Gostou do texto? Clique aqui e compartilhe com seus amigos!

Posts relacionados

Deixe um comentário